quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Para refletir...(09-12/08/18) - O Valor Da Gratidão

"... sede agradecidos" (Colossenses 3:15).

O maior sinal de ingratidão é o esquecimento de dizer "obrigado".

O ingrato não reconhece o que fazem por ele, mas, apenas o que faz por outros. Ele vê os defeitos dos que tudo fazem para agradá-lo e não percebe que o defeito maior está nele mesmo. Ele não sabe dizer "obrigado", a não ser que esteja esperando um algo a mais.

Isso também acontece na vida com Deus. O Senhor cuida dele, protege-o em todas as circunstâncias, caminha a seu lado e ele só sabe dizer que Deus não lhe atendeu a esse ou aquele pedido. Foi abençoado em ocasiões incontáveis, mas a lembrança é apenas da bênção que ele pensa não ter recebido.

A ingratidão mostra falta de amor, de compreensão, de sabedoria. De amor porque exige de outros o que não existe em si mesmo, de compreensão porque tem os olhos fechados dentro de seus próprios interesses, de sabedoria porque seu gesto fecha portas e mãos abençoadoras.

Precisamos ser gratos a Deus por Sua bondade e misericórdia e também aos que Deus usa para nos abençoar. Ou tudo ganhamos ou tudo perdemos.

Senhor, ajude-nos a ver o quanto Tu nos ama.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Para refletir...(06-08/08/18) - Amor À Primeira Vista Ou Pela Convivência?

"Simão, filho de João, tu me amas? Ele lhe respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo" (João 21:16).

"Sem convivência não há amor".

Dando um passeio por antigas citações, deparei-me com a que aparece acima. Fiquei meditando nisso por alguns segundos e concordo que é a pura verdade. A teoria do "amor à primeira vista" é bastante discutível! Pode haver paixão, desejo e coisas similares, mas amor... depende mais do que uma primeira vista.

Como faço com tudo que leio, comecei a pensar nisso em relação à nossa vida com Deus. Nós o amamos quando passamos a vida ao Seu lado. Nós amamos a Sua Palavra quando nela refletimos constantemente. Nós amamos seguir Seus conselhos quando os praticamos todos os dias. É a nossa convivência com o Senhor que nos leva a amá-lo, cada vez mais.

Amamos ir à casa do Senhor quando estamos sempre lá. Amamos participar dos programas da igreja quando estamos acostumados a dizer, "pode contar comigo". Amamos ouvir a Palavra pregada quando procuramos aplicá-la aos nossos dias, logo que deixamos a reunião. Amar a Deus é conviver com Ele e o conviver com Ele é o combustível para que O amemos mais e mais.

Seu amor ao Senhor foi apenas passageiro, por uma primeira experiência, ou é definitivo, pela convivência diária com Ele?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Para refletir...(03-05/08/18) - Quem Pode Dar Ordens E Ser Obedecido?

"Faço um decreto pelo qual, em todo o domínio do meu reino, os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel, porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre; o seu reino não será destruído, e o seu domínio não terá fim. Ele livra, e salva, e faz sinais e maravilhas no céu e na terra" (Daniel 6:26, 27).

O rei Knut, da Inglaterra, uma vez deu uma lição aos seus bajuladores. Estes viviam dizendo que ele era o mais poderoso do universo e que ninguém se atreveria a desobedecê-lo. Mandou que colocassem seu trono na beira da praia, quando a maré estava baixa. Sentou-se, ao lado de sua família e ficou calado. A maré começou a encher e a água molhou os pés do rei. "Ordeno-te, ó água, que volte e proibo-te que molhes os pés do rei", disse ele, diante de todos. Em vez disso, uma onda mais forte veio e molhou o rei por inteiro, assim como a toda a sua família. O sábio rei, então, disse aos súditos: "Que todos os povos da terra saibam que os reis não têm autoridade alguma, a não ser aquela que Deus lhe dá. O poder dos reis é coisa vã. Ninguém é digno do nome de rei, a não ser aquele que criou a terra e o mar, e cuja palavra é a lei dos céus e da terra". Hoje, na cidade de Southampton, em uma velha parede, bem perto do mar, há uma placa com estes dizeres: "Neste local, em 1032, o rei Knut repreendeu toda a sua Corte".

Muitas vezes nos julgamos muito importantes e exigimos que todos façam a nossa vontade. Por sermos ricos... poderosos... por termos alcançado uma alta posição na sociedade, cremos que somos melhores que todos os demais. Esquecemos rapidamente que tudo o que somos e temos, foi bênção de Deus. Nada teríamos sem Sua permissão e a nossa atitude deve ser de gratidão e humildade. Ao Senhor toda a glória e só Ele merece o louvor dos homens.

Você gosta de sentar em um trono e dar ordens ou sabe que toda honra pertence ao Senhor?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Para refletir...(01-02/08/18) - Ao Sair E Ao Regressar

"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno" (Salmos 139:23, 24).

"Quando saio de casa eu penso no que vou fazer. Quanto regresso, eu examino tudo o que fiz."

Que importância temos dado às nossas atitudes e decisões? Temos procurado colocar tudo diante do Senhor, para conhecer Sua vontade e pedir Sua direção? E ao final do dia, temos colocado nossas realizações no altar de Deus, para saber se, em tudo, fomos aprovados? Temos agradecido ao Senhor por nos conduzir por caminhos de vitórias?

Quando conquistamos bênçãos, devemos mostrar ao Senhor a nossa gratidão. Quando pecamos em nossas ações, devemos mostrar a Ele o nosso arrependimento e pedir perdão e Seu apoio para que não erremos mais. Cada dia com o Senhor deve ser um aprendizado e um degrau a mais em nosso crescimento espiritual.

Quando planejamos nossos dias na presença de Jesus, dificilmente temos decepções. Quando agimos por nossa própria conta, podemos acumular frustrações e derrotas desnecessárias. Com Cristo nosso caminho é plano e sem sustos. Caminhamos com tranquilidade e chegamos ao nosso destino com grande alegria.

Deixemos que o Senhor sonde nossos corações e nos guie pelo caminho da felicidade.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Para refletir...(30-31/07/18) - O Que É Mais Fácil?

"Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve" (Malaquias 3:18).

"É mais fácil acender uma lâmpada do que criticar a escuridão."

Passamos muito tempo nos queixando e até criticando tudo e todos. E o que fazemos para que sejamos diferentes? Que esforço temos feito para mudar a situação? Já ouvimos muitas pessoas dizerem: "Sozinho eu não posso mudar o mundo", mas é um começo, uma novidade, um exemplo que outros podem seguir.

Mais fácil que consertar a corrupção do mundo é ser honesto. Mais fácil que impedir que os amigos deixem de mentir é falar sempre a verdade diante deles. Mais fácil que ser arrogante e prepotente é agir sempre com humildade em todas as situações. Mais fácil que semear incredulidade e nada ter a esperar em troca é ter fé e esperar as bênçãos que o Senhor tem preparado para nós.

Se todo o mundo não melhorar por causa da diferença que faremos com nossa maneira de viver, pelo menos o nosso mundo pessoal, melhorará. Seremos muito mais felizes e saberemos para onde estamos caminhando.

O que você tem feito, críticas ou tentativas de mudança?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Para refletir...(26-29/07/18) - Trabalho Feito De Longe

"Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam" (1 Tessalonicenses 5:12, 13).

Giovani estava trabalhando com muita disposição em determinado dia. Paulo, seu companheiro de trabalho, era cristão, como ele e ficou impressionado com sua alegria. "Vejo que hoje você está mais feliz que o normal. Está cantando desde que chegou", comentou o irmão. "É que hoje eu estou pregando o Evangelho em um país da África", respondeu Giovani. "Que bobagem é essa. Você está no mesmo lugar onde estava ontem e durante toda a semana", disse Paulo. "É que minha igreja tem um missionário na África e eu estou doando o salário de hoje para missões", concluiu Giovani, continuando a cantar.

O que temos feito em obediência ao Senhor, para o crescimento de Sua obra? Como temos demonstrado nosso amor pelos perdidos? Como temos externado nossa gratidão a Deus pelo muito que tem feito por nós?

A vontade de Cristo para nossas vidas é que saiamos a pregar Sua Palavra. Temos feito isso? Como? Temos ido pessoalmente buscar os que caminham sem salvação? Temos contribuído financeiramente para sustentar os que se oferecem para ir? Temos orado e encorajado os que, com ousadia e disposição, deixam seus interesses pessoais para que o nome do Senhor seja glorificado?

E se fazemos isso, por que o fazemos? Porque é nossa obrigação cristã ou porque é um privilégio sermos uma bênção nas mãos de Deus?

Você tem pregado o Evangelho de perto, de longe, ou nada tem feito?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Para refletir...(23-25/07/18) - Caráter E Princípios

"Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; e quem é injusto no pouco também é injusto no muito. Se, pois, não vos tornastes fiéis na aplicação das riquezas de origem injusta, quem vos confiará a verdadeira riqueza? Se não vos tornastes fiéis na aplicação do alheio, quem vos dará o que é vosso?" (Lucas 16:10-12)

Um homem foi despedido de seu trabalho porque disse ao patrão que não poderia trabalhar no dia consagrado ao Senhor. " Conheço as regras da empresa e preciso muito trabalhar para sustentar minha mãe e minha casa, mas, minha consciência não me permite deixar de louvar e servir ao Senhor. Peço desculpas por isso". O patrão mandou que passasse no escritório para receber o que lhe era devido. Poucos dias depois, o patrão encontrou um amigo que lhe disse estar precisando de um caixa para sua empresa e que estava tendo dificuldades para encontrar uma pessoa de confiança. O homem logo recomendou aquele jovem. "Mas você o despediu", comentou o empresário amigo. "É verdade", disse ele, "mas, um homem que prefere perder seu emprego e seu sustento para não ferir seu caráter e seus princípios, é a pessoa de confiança indicada para ser o seu caixa."

Que imagem temos deixado para aqueles que nos conhecem ou que convivem conosco todos os dias? A de uma pessoa de caráter e princípios, honrada, fiel, merecedora de toda confiança, ou a imagem de alguém a quem se deve evitar?

Que pensam de nós os parentes, os irmãos da igreja, os vizinhos e colegas de trabalho? Quando deixamos um lugar, podemos estar certos de que seremos bem recebidos ao voltar ou preferirão que não voltemos mais? Seremos recebidos com festa e abraços ou somente com um cumprimento indiferente? Seremos lembrados como exemplo ou como um mau testemunho?

Que nossa vida mostre cada dia mais o brilho de Cristo.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 22 anos de bênçãos

Seguidores