domingo, 10 de dezembro de 2017

Para refletir...(11-17/12/17) - Esqueça A Bolsa

"porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração" (Mateus 6:21).

Enquanto a bolsa é esvaziada, o coração vai se enchendo." (Victor Hugo)

E por que precisamos de bolsa, ou dinheiro, ou bens materiais, ou qualquer coisa semelhante, para ter o coração preenchido? Quando o coração depende dessas coisas passageiras para se regozijar, perde a alegria quando essas mesmas coisas deixam de existir. Por que ficar dependendo delas?

Quando compreendemos que o nosso coração pode estar cheio independente de coisas materiais, somos mais felizes e vivemos de maneira mais abundante. Cristo substitui todos os bens e tesouros do mundo. Ele é a verdadeira riqueza, o verdadeiro regozijo, a verdadeira felicidade.

Estamos nos aproximando de uma época onde o coração de muitos se enche por uma roupa nova, por uma mesa farta de guloseimas, pelos presentes recebidos, pela compra de um novo carro, pela reforma de uma casa. Mas, o coração deveria ser preenchido pelo amor e gratidão a Deus por Jesus ter nascido nesse mundo para perdoar nossos pecados e para nos dar vida eterna.

Esqueçamos a bolsa -- cheia ou vazia -- e comemoremos com o coração cheio da presença de Jesus. Ele pode encher nossas bolsas e esvaziá-las também. Não importa. Maior bênção é tê-lo como Senhor e Salvador. A bolsa, o banco, os presentes... são apenas consequências para aqueles que amam verdadeiramente a Deus.

Comemore as festas... encha seu coração de Cristo.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Para refletir...(07-10/17) - Dar O Que Não Se Tem

"Pedro, porém, lhe disse: Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou..." (Atos 3:6).

"O osso dado a um cachorro não é caridade. Caridade é compartilhar um osso com um cachorro quando você está tão faminto quanto ele." (Jack London)

É muito fácil dar a Deus o dinheiro que não nos falta, o tempo que nos sobra, o amor que não nos exige nada. O difícil é oferecer o que nos provoca renúncias, o tempo que precisávamos para interesses pessoais, a alegria que parece não haver em momentos de tristeza. É difícil, mas nos enche de grande regozijo e satisfação.

Como nos sentimos bem ao agradecer pelos sonhos ainda não realizados, pelo sucesso ainda não alcançado, pelo emprego que ainda não conseguimos, pelas vitórias que ainda não conquistamos. Isso é mais do que caridade ao dar um osso ao cachorro, é fé... é amor... é a vida abundante que só os que têm Jesus no coração podem sentir.

O cristão é verdadeiramente feliz. Não porque sua igreja é a melhor igreja da cidade; não porque tem uma conta bancária com um saldo excelente; não porque mora em uma bela casa ou tem um carro novo. O cristão é feliz porque tem o Senhor cuidando de sua vida, protegendo-o das intempéries do caminho, guiando-o em direção ao Céu de glória e à vida eterna. As outras coisas... terá quando Deus quiser e já se alegra por antecipação.

Minhas atitudes não são somente caridosas, são tomadas por que amo ao Senhor de todo o coração.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(06/12/17) - Como Um Início De Gravidez

"Quem, SENHOR, habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte? O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade" (Salmos 15:1, 2)

"uma pequena mentira é como uma gravidez no início - logo todos saberão." (C. S. Lewis)

E se sabemos que é inútil, por que insistimos em mentir? Por que enganamos quando logo todos descobrirão? Por que fingimos uma vida cristã quando ela nada tem a ver com Cristo? Por que dizemos que estamos louvando a Deus se nem cantando nós estamos?

A verdade sempre aparece! A verdade não se esconde e nem tenta se disfarçar. A verdade ilumina e dissipa as sombras da mentira. A verdade glorifica ao Senhor e promove momentos de verdadeira alegria.

Uma mentira, por mais bem elaborada que seja, não tardará a ser descoberta. O mentiroso será envergonhado e lamentará ter perdido sua bênção. A mentira engrandece ao diabo e a verdade glorifica a Deus.

Não existem "pequenas mentiras". Todas elas são grandes e afastam a nossa vida do Senhor. A verdade liberta e a mentira encarcera a alma. Queremos ser livres, queremos honrar a Deus, queremos mostrar ao mundo que o mal não mais tem domínio sobre nós.

Senhor, conduz-nos pelo caminho da Tua vontade. Ensina-nos a falar sempre a verdade. Será o começo de uma vida feliz e plena de bênçãos. Descansaremos em Ti, para sempre.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Para refletir...(05/12/17) - Mão Na Cabeça... Mergulho Total

"Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR" (Oséias 6:3).

Muitos cristãos debatem sobre a forma de batismo. Uns defendem que deve ser por aspersão -- água na cabeça -- e outros que deve ser por imersão -- mergulho total do corpo. Mas, o verdadeiro batismo consiste em conhecer a Cristo e tê-lo no coração. Se isso não for verdadeiro, em qualquer dos dois batismos, a pessoa apenas ficará molhada... mais nada."

Conhecer a Cristo, ouvir Sua voz todos os dias, fazer Sua vontade, seguir Seus ensinos, adorá-lo e ser grato pelas incontáveis bênçãos que nos dá, esse deve ser o grande propósito do cristão. Com Cristo a vida é mais bela, os dias são mais ensolarados, os jardins são mais floridos e perfumados, as lutas são mais suaves, as vitórias são certas.

Queremos desfrutar de tudo que o Senhor preparou para nós. Não podemos admitir perder uma só bênção. Não aceitamos desperdiçar um só minuto sem glorificar o Seu nome. Não desejamos correr o risco de passar por essa vida sem viver a abundância de Seu amor.

Com Jesus, a nossa fé não é infrutífera, a esperança não se desvanece em meio a lutas e incertezas, a alegria não se esconde para que não a encontremos. Com Jesus não corremos o risco de ficar molhados inutilmente. Quando isso acontecer, será por motivo de muitas lágrimas de regozijo e felicidade por ter um Senhor tão maravilhoso em quem sempre poderemos confiar.

Obrigado, Senhor, porque o nosso batismo foi verdadeiro. Tu colocaste a mão sobre nossas cabeças e nós mergulhamos em júbilo por poder estar ao Seu lado, por toda a eternidade.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Para refletir...(04/12/17) - Quem Está Certo?

"O SENHOR é justo, no meio dela; ele não comete iniquidade; manhã após manhã, traz ele o seu juízo à luz; não falha..." (Sofonias 3:5).

Disse o gerente da empresa para um dos funcionários: "Não pense em mim como seu chefe, mas, como um colega de trabalho que está sempre certo."

Não é isso que acontece com muitos irmãos? Eles se julgam chefes, crendo que sempre têm razão e escondem tudo isso em uma máscara de humildade e santidade. Querem dar ordens, determinar o que deve ser feito e, quando confrontados, garantem que só fazem isso para ajudar e ver o trabalho prosperar.

E os diáconos? E os presbíteros? E os líderes de ministérios? Sempre altivos, muitas vezes prepotentes e arrogantes, esquecendo-se que os cargos na igreja são para "servir ao Senhor" e não para serem senhores na igreja.

A obra de Deus precisa de líderes. Precisa de pessoas competentes e experientes que possam coordenar os mais novos e fazer o trabalho produzir resultados que engrandeçam ao Senhor Jesus. Todos são iguais... todos são discípulos... todos devem glorificar a Cristo. Na obra de Deus ninguém tem mais direitos. Há os que têm mais obrigações mas com os mesmos direitos de todos.

Se pensarmos em nossa ilustração inicial, podemos dizer que todos somos irmãos, todos somos servos, e o único chefe é o nosso Deus e o único que sempre está certo. Todos podemos cometer erros, todos devemos buscar direção do Senhor, todos devemos pedir perdão quando pecamos. E, ao final, todos ouviremos de Deus: "Servos bons e fiéis".

Quem você julga estar sempre certo? Você ou o Senhor?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

sábado, 2 de dezembro de 2017

Para refletir...(01-03/12/17) - Tire A Mão Da Buzina

"Seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; confirma sobre nós as obras das nossas mãos, sim, confirma a obra das nossas mãos" (Salmos 90:17).

Conta-se a história de uma mulher que dirigia seu carro por uma rua estreita até que ele enguiçou. Ela tentou várias vezes fazê-lo funcionar, sem sucesso. Outro motorista, logo atrás do carro enguiçado, sem conseguir ultrapassar e nem retornar, mostrou toda a sua impaciência apertando constantemente a buzina. A mulher, finalmente, caminhou até o outro carro e disse ao motorista: "Se você estiver disposto a ir até meu carro para tentar fazê-lo funcionar novamente, eu ficarei aqui no seu carro e apertarei a buzina de dez em dez segundos para você."

E o que isso pode ter a ver com a nossa vida cristã? De igual maneira, as pessoas que mais fazem barulho e mais reclamam de tudo são as pessoas que nada fazem para ajudar. Criticam a tudo e a todos mas nunca se movem para fazer alguma coisa para melhorar o que acham que não está bom.

Deus conta com todos. Os que sabem fazer muito e os que sabem fazer pouco. Até com os que nada sabem fazer mas se oferecem para aprender e cooperar com o trabalho, para que muitos sejam alcançados e a alegria de Cristo possa fazer morada nos corações.

A pior coisa na obra do Senhor é suportar as "buzinadas" dos que se mostram impacientes e revoltados com os programas elaborados pelos que amam a Deus e aos que caminham longe de Sua Presença, sem oferecer qualquer sugestão ou ajuda. Fazem barulho e atrapalham. Como seria bom se tirassem as mãos de suas "buzinas" e usassem as mesmas mãos para oferecer apoio e cooperação.

Que as obras de nossas mãos não sejam apertar buzinas de críticas e sim de colaboração para que o nome do Senhor seja glorificado em toda a terra.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(28-30/11/17) - Diga "Ainda Bem" Somente Quando Tudo Vai Bem

"Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio?" (Mateus 7:3)

Perguntaram a um diácono, antigo membro de certa igreja: "Como estão as coisas, irmão? Muita bênção na igreja?" O velho diácono, sem pensar muito, respondeu: "A igreja vai mal. Os cultos são monótonos, as pessoas indiferentes e as bênçãos desapareceram. Ainda bem que todas as igrejas ao redor estão iguais ou piores."

A resposta daquele homem não poderia ser mais infeliz. Só sabia criticar sua igreja e, ao mesmo tempo, as outras de sua localidade. Como alguém que se diz cristão, pode ficar feliz com a decadência de todas as igrejas? É quase certo que quem ia mal era ele, que não recebia bênçãos porque só ia aos cultos por costume e não por amor ao Senhor e gratidão pela vida transformada pelo Senhor Jesus.

É verdade que muitas igrejas têm deixado Jesus do lado de fora, mas, nós que amamos ao Senhor e aos que caminham sem direção, só temos a lamentar e tudo devemos fazer para mudar a situação. Se minha igreja vai mal, em vez de criticá-la, devo orar e contribuir com meu trabalho para que volte a ser o farol que guia os perdidos para o porto da salvação e da bênção do Senhor.

O verdadeiro cristão, se sua igreja não brilha, fica triste, ora, clama. pede socorro a Deus, e não interrompe sua intercessão enquanto não vê o inimigo derrotado. E se as igrejas em redor também estão apagadas espiritualmente, de igual maneira clama por elas. Não são sua igreja mas são igrejas do Senhor e isso é suficiente para que levante um clamor para que sejam despertadas e ajudem muitos perdidos a encontrar o caminho da salvação e vida eterna.

Que nosso "ainda bem" seja real quando tudo está realmente bem.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Seguidores