terça-feira, 17 de outubro de 2017

Para refletir...(17/10/17) - Aprendendo Com Os Dias Maus E Com Os Dias Bons

"Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece" (Filipenses 4:12, 13).

"Se você pode aprender com os duros golpes da vida, pode também aprender com os toques macios." (Carolyn Gilmore)

Vemos muita gente se lamentar pelas dificuldades e até tempestades espirituais que atingem suas vidas e famílias. É muito comum recebermos pedidos de oração por enfermidades, falta de dinheiro, desemprego, lares divididos e coisas parecidas. Mas, há também pessoas que se surpreendem com as incontáveis bênçãos que recebem, com os caminhos planos e sem obstáculos por onde passam, por seus lares estarem sempre iluminados pela alegria e felicidade que muitos outros almejam.

Lembro de uma jovem que me procurou após o culto -- quando eu ainda dirigia uma igreja, antes de perder a visão -- me perguntando se precisaria roubar um banco, ou agredir pessoas, ou passar um tempo na prisão, para que os irmãos notassem sua presença. Ela dizia que a igreja gostava de ouvir passados nebulosos, vidas problemáticas, conversões espetaculares, enquanto ela, que desde criança sempre havia servido ao Senhor com dedicação e obediência, nunca enfrentando problemas difíceis, jamais era chamada para dar um testemunho ou fazer alguma coisa na igreja em que congregava. Ela tinha razão!

Parece que valorizamos mais os que sofrem duros golpes e ignoramos os que passam a vida sentindo o toque macio de uma vida cheia da graça de Deus. Estamos errados... bom seria se todos os cristãos não precisassem enfrentar lutas e vivessem apenas a paz e a tranquilidade que só Jesus pode dar.

Que os sofrimentos dos dias em que vivemos nos ensinem a buscar mais ao Senhor e que os dias de paz e tranquilidade também nos ensinem que, se ignorarmos ao Senhor, poderemos perder tão grande bênção. O valor tem quem tem Cristo no coração, sejam em dias de dores, sejam em dias de pleno gozo e regozijo.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(16/10/17) - Fracassos Que Precedem Grandes Vitórias

"Disse este: Deixa-me ir, pois já rompeu o dia. Respondeu Jacó: Não te deixarei ir se me não abençoares" (Gênesis 32:26).

"A maior parte dos empreendimentos bem sucedidos origina-se de um obstáculo ou fracasso"

Quantas vezes já ouvimos alguém dizer: "Eu gostaria de ter sido um médico, mas como falhei na tentativa, resolvi me tornar um jornalista e hoje sou reconhecido em todo o país". Ou, "eu sempre quis ser jogador de futebol, mas minhas tentativas fracassaram e desisti. Busquei consolo na carreira de fotógrafo e hoje sou o preferido das grandes celebridades". E muitos outros exemplos.

O que nos importa é não desistir diante do primeiro fracasso! Nem do segundo... nem do terceiro... Nossa perseverança deve assemelhar-se a de Jacó, que lutou com o anjo dizendo que não o deixaria partir antes de receber sua bênção. E naquele dia Jacó passou a ser chamado de Israel e tudo mudou em sua vida. E dele se originou a nação de Israel, até os dias de hoje.

Os fortes não desanimam! Os fortes não recuam diante dos obstáculos -- passam por cima deles! Os fortes sabem que Deus está no controle e, por isso, alcançarão a vitória.

Os vencedores sempre olham para trás para contar o número de fracassos e decepções vencidas. Se uma tentativa falha, recomeçam em outra direção. Se um sonho não pode ser realizado, começam a sonhar outros. Choram, lutam, sofrem, mas... não desistem! Seguram nas mãos do Senhor e recomeçam. Vão conseguir... esta é a única certeza.

Você desanima diante de obstáculos ou usa-os para alcançar o sucesso?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Para refletir...(13-15/10/17) - Como Terra Árida, Sem Água

"Ó Deus, tu és o meu Deus forte; eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti; meu corpo te almeja, como terra árida, exausta, sem água" (Salmos 63:1).

Um irmão conversava com outro irmão após o culto: "Tenho achado os sermões do pastor muito secos". O outro, tranquilo, disse: "Não seria porque está faltando sede em você?"

Até que ponto falta sede em nós? Sede de amar, de louvar a Deus, de ajudar nosso próximo, de ver o mundo transformado pelo poder de Deus. Até que ponto falta sede em nós? Sede de ser mais honestos, de iluminar os caminhos do mundo, de ser mais úteis na obra do Senhor, de sermos, verdadeiramente, mais que vencedores. Até que ponto falta sede em nós?

Quando temos sede, nada é seco, nada é insípido, nada é insignificante, nada é sem interesse. Temos sede... queremos beber, queremos aprender, queremos ocupar nosso espaço, queremos brilhar e glorificar a Deus. Queremos tudo, menos deixar de ter sede.

Ao ir à casa de Deus com sede, emocionamo-nos com os cânticos, ficamos empolgados com as orações, amamos a palavra trazida pelo pregador. Tudo nos dessedenta, tudo nos alimenta, tudo nos edifica, tudo nos enche o coração de gozo e felicidade.

Você se sente como terra árida, com muita sede das coisas espirituais? Então você terá muitas bênçãos pela frente.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Para refletir...(11-12/10/17) - O Som De Nossos Passos

"O SENHOR firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz" (Salmos 37:23).

"Um missionário é alguém que nunca se acostuma com o som dos passos de incrédulos a caminho de uma eternidade sem Cristo."

Um missionário é um filho de Deus que ama os perdidos e vive para que sejam salvos. Ele, muitas vezes, deixa seu lar confortável, sua família querida, seu país amado e parte, com o coração animado, em busca daqueles que ainda não abriram o coração para o Salvador. Ele tem um propósito firme e dele não abre mão: pregar o Evangelho como seu Senhor orientou.

Quem é salvo e não se importa se os demais não o são, nunca tiveram uma verdadeira experiência com Cristo, não têm o brilho característico dos que amam a Deus, não testificam de nada e não são missionários. São chamados de cristãos, mas, não conhecem o Cristo que veio buscar e salvar os pecadores.

Os passos dos que experimentaram a transformação ao receber o Senhor em suas vidas têm um som característico, deixam marcas e perfume, deixam consolo e esperança, iluminam como a luz brilhante do sol. Os missionários conhecem esse som e identificam os passos que são diferentes. Eles se oferecem a Deus para serem usados na tentativa de fazer com que os passos mudem e sejam tão especiais como os dos que já caminham na presença do Senhor. Eles trabalham e não descansam até ver os resultados que alegram o coração de Deus e engrandecem o nome de Jesus.

Qual o som de seus passos?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(10/10/17) - Pés Ou Joelhos?

"Orai sem cessar" (1 Tessalonicenses 5:17).

"As orações que um homem vive sobre seus pés têm a mesma importância das que ele diz sobre seus joelhos."

Precisamos estar completamente colocados diante do altar de Deus. O nosso testemunho, enquanto andamos pelos caminhos da vida precisa ser uma oração de louvor e gratidão ao Senhor. As nossas orações, quando não estamos em movimento, também precisam testificar de nosso desejo de ter a direção do Senhor quando nos pusermos a andar. Andando no mundo ou trancados em nosso quarto, de pés ou de joelhos, não queremos e não devemos nos afastar da presença de Jesus.

Sem o Senhor, nada podemos fazer. Sem Ele, não sabemos que direção tomar. Sem Seus conselhos, não sabemos ser bênçãos e nem abençoar outros. Precisamos estar em oração, antes de nossa saída até a nossa volta.

Se vamos para o trabalho, devemos estar em oração para que o Senhor nos guarde de todos os perigos e nos preserve empregados para o nosso sustento e o de nossa casa. Se vamos para o local de estudos, devemos estar em oração, para que tenhamos a sabedoria necessária para o aprendizado. Se vamos para a igreja, devemos orar todo o tempo, para que a nossa luz brilhe e a reunião nos faça regozijar de alegria. Se permanecemos em casa, é necessário que oremos pelos que estão indo para o trabalho, ou para os estudos, ou para qualquer outro lugar, para que sejam abençoados e abençoem a todos que encontrarem.

Você tem orado sempre?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Para refletir...(09/10/17) - Basta Um "Conte Comigo"

"Este lhe respondeu: Eis-me aqui!" (Gênesis 22:1)

Um jovem conversava com o pastor. "Fico triste ao ver que tantos irmãos da igreja fazem muita coisa -- e tudo muito bem feito -- e eu não faço nada. Não tenho talentos, não tenho habilidade para coisa alguma". O pastor, que o ouvia com muita atenção e carinho, disse: "Para mim, o que realmente importa é que você seja capaz de dizer, "conte comigo."

Por que não somos capazes de dizer "conte comigo"? Por que usamos justificativas para não nos oferecer para Deus e para ficar de lado, enquanto outros trabalham? Por que temos medo de nos comprometer com a salvação dos perdidos, já que éramos perdidos e alguém trabalhou para que fôssemos achados?

A obra de Deus, especialmente nos dias enganosos de hoje, necessita urgentemente de homens e mulheres que tenham a coragem de não se adaptar ao "sistema". Que tenham a ousadia de dizer "não" aos costumes religiosos que têm servido para apagar a chama do Evangelho de Cristo. Que tenham a habilidade, mesmo que se julguem fracos e sem experiência, de proclamar que são cristãos e não mundanos. A maioria tem feito isso, mas, não precisamos seguir a maioria e sim ao nosso Senhor e Salvador, que na cruz pagou o preço de nossos pecados.

Não precisamos ser graduados em Teologia, nem ter pós-graduação em Missiologia, nem falar vários idiomas. Precisamos, muito mais que isso, estar dispostos a dizer a Deus, "conte comigo"!

Você está disposto a se oferecer?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(06-08/10/17) - Qual Caminho? Quando?

"Ensina-me, SENHOR, o teu caminho, e andarei na tua verdade" (Salmos 86:11).

Se demoramos muito tempo para decidir o que fazer de nossas vidas, acabaremos descobrindo que não tivemos tempo para fazer coisa alguma."

O melhor a fazer, em relação às nossas vidas é decidir imediatamente. E como poderemos ter certeza de que decidimos acertadamente? Entregando a decisão para o Senhor Jesus. Ele sabe qual o melhor caminho a seguir, o que há de melhor a fazer, a solução para todos os nossos anseios. Ele decide certo porque conhece o início e o fim de todos os caminhos.

Quando resolvemos seguir nosso próprio caminho, enchemo-nos de dúvidas, de incertezas, de medo de errar, do temor de nunca chegar a lugar algum. Cristo, por ser o Caminho, não permitirá que tomemos atalhos, que sejamos confundidos ou iludidos, que aceitemos algo que não seja o melhor. Ele não somente mostrará o rumo certo como seguirá ao nosso lado para que nossa fé não desfaleça diante dos obstáculos.

Por que experimentar alternativas inseguras se podemos, desde já, seguir o caminho da vitória? Por que esperar os equívocos para corrigir o rumo se podemos já começar com o rumo corrigido? Por que chorar pelos fracassos se podemos sorrir do princípio ao fim?

Qual o caminho que você pretende seguir? Quando começará a caminhar? Decida pelo caminho do Senhor... agora!

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Para refletir...(05/10/17) - Um Guia Que Conhece O Caminho

"Então, Agripa se dirigiu a Paulo e disse: Por pouco me persuades a me fazer cristão" (Atos 26:28).

Alguém disse: "Existem dois tipos de cristãos: os ganhadores de almas e os que abandonaram a fé."

Não posso afirmar que a citação expressa a verdade, mas, quero ser sempre um cristão ganhador de almas. E como seremos esses cristãos se não sabemos pregar o Evangelho? A resposta é simples: podemos ser ganhadores de almas sem dizer uma única palavra! A melhor de todas as pregações é aquela que dizemos com a boca fechada. O nosso testemunho fala alto! As nossas atitudes podem mudar vidas, lares e situações. O brilho da presença do Senhor Jesus pode iluminar mais que o mais forte holofote!

Como poderemos dizer que somos cristãos -- discípulos de Cristo -- se não vivemos o Evangelho? Como poderemos ganhar almas se não nos importamos com elas? Como poderemos transformar o mundo se o que mostramos é que o mundo está nos transformando?

Os perdidos, muitas vezes sem o saber, estão ansiosos por serem alcançados, transformados, salvos e conduzidos por Deus ao Céu de glória. E quem deve ajudá-los a encontrar o caminho somos nós, os "cristãos". Nós podemos guiá-los porque conhecemos o Caminho. O mapa da vida eterna está gravado em nossos corações desde que Jesus entrou para não mais sair.

Você pode afirmar, sem qualquer dúvida, que é um cristão?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Para refletir...(04/10/17) - Que Verdade Desejamos ouvir?

"Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade" (João 17:17).

O pastor estava preocupado com sua igreja. Parecia que os membros não aceitavam seus sermões. Qual seria o problema? O que ele estava dizendo que não agradava à maioria? Conversando com uma senhora já bem idosa, ouviu dela o conselho: "Fale sobre as coisas que não atingem ninguém. Assim sua palavra será boa para todos".

Qual é a boa palavra do Evangelho? A que queremos ouvir? A que não fere nossos sentimentos? A que nos elogia, mesmo quando não somos dignos de elogios? Ou a Palavra que transforma, que liberta, que mostra o caminho da salvação e da vida eterna?

Muitas vezes saímos da igreja com o coração fechado. "Não gostei da palavra do pastor! Parece que preparou um sermão exatamente para abrir nossas feridas, para afrontar nossa maneira de viver, para nos lembrar que somos falsos e mentirosos. Dessa maneira ele não vai permanecer muito tempo por aqui".

Por que vamos aos cultos? Para ouvir a nossa verdade ou a verdade do Senhor? Para fingir que somos cristãos e continuar no mundo ou para que o Espírito Santo nos santifique e nos conduza, segundo Sua vontade, pelo caminho de Deus?

É uma bênção gostar do que Deus tem para nós. Devemos gostar porque é o melhor. Devemos ser gratos porque servirá para nosso crescimento e edificação espiritual.

Deus é amor! Ele nos ama! Aleluia!

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Para refletir...(03/10/17) - Para Onde Você Está Olhando?

"Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu" (Isaías 43:1).

Um adolescente era levado por sua mãe à igreja todas as semanas. Ele ia porque a mãe gostava de estar nas reuniões e ouvir a Palavra de Deus. Sentava-se ao lado da mãe, mas, não estava lá. Durante toda a reunião ele pensava em tudo, menos no que o pregador falava. Certo dia, distraído de seus pensamentos mundanos, olhou para o pastor exatamente quando este dizia: "Jovem, Deus o ama. Você é muito importante para Ele". O adolescente não conseguiu mais desviar os olhos e nem pensar em outra coisa. Naquela noite ele abriu o coração para Jesus e poucos anos depois estava em um campo missionário, servindo ao Senhor com muita dedicação e alegria.

Para onde estamos olhando quando Deus quer falar conosco? Em que estamos pensando quando Deus olha para nós e diz "Eu te amo"? Por que dizemos que somos fracos, sem direção, sem esperanças se o Senhor nos afirma exatamente o contrário? Por que murmuramos, e nos queixamos das frustrações, dos fracassos, das decepções e das derrotas, se Jesus nos garante que somos "mais que vencedores"?

Precisamos urgentemente deixar de olhar para o mundo e olhar para Cristo. O mundo nos engana, mente para nós, nos atrai a ciladas. O nosso Senhor e Salvador nos ama, nos diz a verdade e nos liberta de todas as armadilhas que o mundo nos prepara.

Em quem devemos acreditar, em Deus ou no diabo? Em quem devemos confiar, no Senhor Jesus ou nas pessoas que caminham longe dEle? Devemos nos entristecer com o mundo ou nos alegrar com o nosso Amigo Jesus?

Jesus está olhando para você. Para onde você está olhando?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Para refletir...(01-02/10/17) - Ver É Sentir -- Sentir É Ver

"Disseram-lhe, então, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele respondeu: Se eu não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, e ali não puser o dedo, e não puser a mão no seu lado, de modo algum acreditarei" (João 20:25).

"Algumas pessoas mudam seus caminhos quando veem a luz; outras quando sentem o calor." (Caroline Schoeder)

Como conduzimos nossas vidas aqui neste mundo? Andamos pelo que vemos ou pelo que sentimos? Somos iguais a Tomé, que precisava ver para crer ou como o pai do jovem possesso de um espírito mudo, que antes de ver, sentiu a bênção e creu?

Há pessoas que correm para todos os lugares onde "dizem" que Deus está fazendo grandes prodígios. Elas não sentem nada, mas, precisam ver! Quem sabe, vendo, elas passam a crer! "Tenho de ver com meus olhos; tenho que constatar isso pessoalmente; tenho que testemunhar o fato para saber se é verdade ou mentira. Acabam não vendo nada, não sentindo nada.

O grande sinal de que necessitamos está em sentir a presença do Senhor mesmo quando nada de especial está acontecendo. O verdadeiro prodígio é confiar no Senhor mesmo quando tudo vai bem e vivemos em paz. Quando as lutas chegarem ou quando a alegria nos fizer transbordar de gozo e felicidade, não teremos dificuldades de clamar por socorro ou de louvar ao Senhor que habita em nossos corações. Não precisaremos ver -- nós sentiremos Sua presença e glorificaremos o Seu nome.

Vemos o Senhor a todo momento porque O sentimos! E se O sentimos, nós o vemos a nosso lado em qualquer circunstância. Que bênção!

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Seguidores