segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Para refletir...(15-16/01/18) - Quem Deve Fazer?

"Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará" (Salmos 37:5).

"Se você demorar longo tempo para decidir o que fazer com sua vida, acabará achando que foi você quem fez." (Pam Shaw)

Em quem você tem confiado para traçar os caminhos de sua felicidade? Em você mesmo ou em Deus? Quem conhece melhor o caminho para o verdadeiro sucesso, você ou Deus? Quem pode orientar você para ter uma vida abundante e eterna? Você acha que é Deus ou que não precisa dEle?

Quando confiamos nossa vida e nossos caminhos a Deus não estamos dizendo que não precisaremos fazer coisa alguma. Deus nos orienta e nos abençoa para que saibamos como e a melhor hora de fazer qualquer coisa. Confiamos nEle e sabemos que nossas atitudes serão vitoriosas.

Quando deixamos Deus de lado em nossos propósitos, acabamos não realizando nada ou, pior ainda, realizando muito e não obtendo sucesso algum. Quando entregamos nossos caminhos ao Senhor, podemos iniciar a jornada com a certeza de que chegaremos ao lugar almejado e alcançaremos a vitória sonhada.

Deus fará tudo por nós, ou seja, nos ajudará a tomar as decisões acertadas, a não desanimar diante dos obstáculos, a seguir adiante quando precisarmos avançar e a parar um pouco quando o descanso se fizer necessário. Ele organizará a nossa vida e nós precisaremos apenas crer que a vitória já está garantida.

Quem faz os planos de sua vida?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(12-14/01/18) - Aparência De Anjo

"Então, a mulher foi a seu marido e lhe disse: Um homem de Deus veio a mim; sua aparência era semelhante à de um anjo de Deus" (Juízes 13:6).

Um viajante chegou cansado à porta de um cristão e solicitou um lugar para passar a noite. O cristão mostrou certa relutância e repugnância diante do pedido do viajante. Este começou a citar várias passagens das Escrituras e enfatizou que a Bíblia nos diz que, sem o saber, muitas vezes hospedamos anjos. O cristão, então, disse: "Sim, eu sei, mas não creio que um anjo do céu possa ter cheiro de bebida alcoólica."

É muito importante que nós, cristãos, tenhamos o cheiro e a aparência de um cristão. Não podemos enganar a ninguém apenas com palavras. É preciso atitudes, testemunho, vida colocada diante de Deus. Aquele viajante falava como cristão, conhecia a Palavra como um cristão, mas era suficiente olhar para ele para saber que não era um cristão.

Como é bom ter o Senhor no coração! Como é bom que, mesmo que não digamos quem somos, todos percebem que somos do Senhor. Jesus é visto em nós, no nosso caminhar, no nosso sorriso, nas nossas mãos estendidas, no amor que demonstramos ao lidar com aqueles que estão próximos.

Em nosso trabalho, precisam saber que somos cristãos autênticos. No local de nossos estudos, todos precisam sentir a presença do Senhor em nossas vidas. Os nossos vizinhos sabem que somos cristãos, nossos parentes não têm dúvidas de que somos cristãos. Nós olhamos para o espelho e não vemos farsa e nem características de um ator que finge ser o que não é.

Podemos não ter cheiro de bebida e nem aspecto externo ruim, como o viajante de nossa história inicial, mas, e o resto, mostra Jesus em nossas vidas?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Para refletir...(11/01/18) - Testamento Do Coração

"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas" (2 Coríntios 5:17).

Um finlandês, incrédulo, deixou em testamento a sua fazenda para o diabo. O caso foi parar nos tribunais e os juízes decidiram que a fazenda deveria ser mantida do jeito que estava e que ninguém poderia tocá-la. Em poucos anos a fazenda estava totalmente tomada pelo mato, os prédios estavam em ruínas e a imagem que se via era de desolação e feiura. Essa é a imagem de uma propriedade tomada por satanás. Essa também é a aparência de uma igreja ou de uma vida humana, que se deixa tomar pelo inimigo de Deus.

Uma vida ou uma igreja que se afasta dos propósitos de Deus pode ter a aparência de destruição e não mostrar beleza alguma, mas, aqueles que abrem seus corações para o Senhor, mostram vida, alegria e beleza. O diabo transforma o mais belo cenário em algo que desagrada e entristece ao primeiro olhar. Deus colore a vida do cristão, produzindo brilho e cores que motivam e alargam o sorriso de quem o vê.

A fazenda do finlandês se transformou em ruínas, porque foi entregue à pessoa errada. Quando entregamos nossas vidas, nossos lares, nossos sonhos, nosso dia-a-dia à pessoa certa -- Jesus Cristo, o mato seco passa a ser um jardim florido, o riacho enlameado refresca o ambiente com sua água cristalina, os prédios outrora feios e com a tinta descascada, agora é visto com pintura nova, brilhante, encantadora.

Se a sua vida não tem atrativos, hoje, ofereça o testamento de seu coração a Deus e logo será a mais bela paisagem do lugar onde você vive.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(10/01/18) - Pouco Compreensível, Mas Muito Desejado

"Eis que Deus é grande, e não o podemos compreender" (Jó 36:26).

Existe muita coisa a respeito de Deus que não podemos compreender. John Wesley muito apropriadamente disse: "Traga-me uma lagarta que pode compreender um homem e então eu mostrarei a você um homem que pode compreender Deus."

Quem pode compreender bem o mistério da Trindade? Quem pode medir o tamanho do amor de Deus? Quem pode entender o fato de Deus ter-se feito homem, para morrer em uma cruz, por todos nós que somos pecadores e infiéis? Nós não compreendemos Deus, mas, Deus nos compreende muito bem.

Deus conhece nossa indiferença, nossos interesses pessoais, nossas mentiras, nosso medo, nossa falta de amor, nossa incredulidade apesar dos milagres que opera em nossas vidas todos os dias. Ele conhece, se entristece muitas vezes, se envergonha outras, e, novamente de maneira incompreensível, nos ama, nos protege, nos abraça, nos dirige os passos, não se afasta de nós um só momento.

Nós não entendemos o amor de Deus mas precisamos amá-Lo cada vez mais. Nós não compreendemos bem a fé, mas precisamos crer e continuar crendo sempre nas promessas do Senhor. Nós não compreendemos bem a salvação, nem os Céus de glória, mas queremos ardentemente viver eternamente com o Senhor nas moradas celestiais.

É verdade que não compreendemos Deus completamente, mas, desejamos estar em Sua presença agora e para sempre.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Para refletir...(09/01/18) - Lembrar O Que É Bom E Esquecer O Que É Ruim

"... não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres" (Marcos 14:36).

Uma menina, em uma instituição para deficientes, foi abordada por uma mulher que, de maneira indelicada, escreveu em sua lousa: "Querida, por que você é surda-muda?". As lágrimas começaram a rolar em seu rosto. Depois de uma pausa, ela pegou o lápis e a lousa e escreveu: "Mesmo assim, Pai, eu te louvo por minha visão." Ela poderia ter escrito, como resposta, "Por que você ouve e fala?" É estranho que sempre questionamos os sofrimentos da vida e não as bênçãos que recebemos e nem se merecemos tais bênçãos.

Viveríamos melhor e seríamos mais felizes se pensássemos no quanto temos de bom, deixando de lado o que julgamos ruim. Nossa vida seria maravilhosa se nos alegrássemos com aquilo que Deus nos dá e ignorássemos o que Ele não nos deu ainda. A Palavra nos diz que há tempo para tudo e o Apóstolo Paulo nos dá o testemunho de que sabe viver com o pouco e com o muito.

Este é o segredo da verdadeira paz e felicidade: receber com satisfação aquilo que Deus nos concede, no dia que Ele julga ser bom para nos dar e na hora apropriada para que o recebamos. Cristo nos ensinou: "Pai, seja feita a Tua vontade e não a minha".

A vontade de Deus é perfeita, o tempo de Deus é oportuno, a maneira de Ele fazer as coisas é inigualável. Entendendo isso, não ficaremos ansiosos e seremos sempre felizes.

Você ainda sofre com as dificuldades do caminho ou se regozija por estar caminhando com Jesus?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Para refletir...(05-08/01/18) - Roupas Boas

"Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o SENHOR não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o SENHOR, o coração" 1 Samuel 16:7).

"Não conclua que roupas boas fazem homens bons, não mais do que penas boas fazem bons pássaros." (George Washington)

Muitas vezes nos equivocamos ao julgar pessoas pela aparência. Não é o exterior que define a qualidade ou o caráter de um homem, nem a bela casa onde mora, nem o preço do carro que dirige. Um homem precisa ter mais que uma aparência de bom -- precisa ser bom a despeito da aparência.

Nós, que somos cristãos, não podemos cometer o erro de pensar que enganaremos a todos, simplesmente por usar uma camisa que diz: "Jesus é meu Senhor", ou um broche mostrando: "Só Jesus Cristo salva", ou trazendo uma Bíblia nas mãos. Isso não é Cristianismo, nem santidade, nem testemunho. É necessário muito mais! Precisamos viver de maneira santa, falar de maneira santa, glorificar a Cristo mesmo sem adornos externos que proclamem nossa santidade.

O brilho da presença de Cristo não pode estar na roupa que vestimos e sim em nosso rosto. O Espírito Santo que em nós habita não pode ser visto em nosso boné, mas, em nossas atitudes diárias.

Não se pode medir o tamanho da bênção de um cristão pela etiqueta famosa de suas roupas. É possível que o outro cristão, com roupas bem mais humildes, tenha experiências mais marcantes e uma vida muito mais íntima com Deus. Em resumo, espiritualidade se mede pelo relacionamento de uma pessoa com o Senhor e todo o resto é consequência.

Você traz Cristo no coração ou apenas em sua vida exterior?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(03-04/01/18) - Todos? A Metade? Muito Menos!

"É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar" (João 9:4).

Um repórter perguntou a um líder do Vaticano: "Quantas pessoas trabalham aqui?" O líder, muito brincalhão, respondeu: "Eu suponho que a metade."

A resposta foi engraçada, mas constatamos, de maneira bem séria, que muito menos da metade dos cristãos trabalha efetivamente na obra de Cristo. A maior parte dos que foram alcançados pelo amor de Deus, e tiveram a bênção de serem salvos, sequer vão à igreja para adorar o Salvador. Vão quando o tempo está bom, quando não faz muito calor, quando alguém especial visita a congregação, quando têm algum interesse ou pedido a fazer.

Estão sempre esperando que outros façam a sua parte, que cantem e louvem por eles, que orem e intercedam por suas necessidades, que os substituam como se isso fosse possível.

Há um hino que diz: "Eu quero trabalhar pra meu Senhor...", porém poucos gostam de cantá-lo e, quando o cantam, não se dão conta de que, na verdade, não querem.

Quantos trabalham? Muito poucos. Quantos oram? Muito poucos. Quantos leem e obedecem à Palavra? Muito poucos. Mas, mesmo assim, Cristo ama a todos, morreu por todos, quer salvar a todos.

O que você está esperando para fazer alguma coisa na obra de Deus?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Para refletir...(01-02/01/18) - Por Mim E Por Você

"E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou" 2 Coríntios 5:15).

Certo jovem, reconhecido como um evangelista ativo, logo após terminar o curso teológico, sofreu um acidente de carro e morreu. Sua mãe, a todo momento, repetia: "Eu queria ter morrido em seu lugar, eu queria ter morrido em seu lugar." (Ben Haden)

A mãe do jovem, mesmo amando demais o seu filho, não podia ter morrido em seu lugar. Mas houve um que morreu em nosso lugar. Não foi um acidente, não foi uma enfermidade, foi por Seu grande amor. Ele morreu em uma cruz, em nosso lugar, para que pudéssemos hoje ter direito a uma vida abundante, a uma morada celestial, a viver eternamente com Deus.

Jesus morreu em nosso lugar para que pudéssemos ter esperança de dias melhores, para que pudéssemos sonhar com um ano de grandes bênçãos e vitórias, para que pudéssemos ter e transmitir Boas Novas todos os dias.

Ele morreu em nosso lugar para perdoar nossos pecados, para alegrar nossos corações e para nos ensinar o caminho da verdadeira felicidade. Ele morreu em nosso lugar para nos dar salvação e para caminhar ao nosso lado todos os dias, guiando-nos e protegendo-nos de todas as ciladas do mundo.

Jesus morreu em nosso lugar e ressuscitou para ser nosso Amigo, nosso Companheiro em qualquer situação, para nos encorajar a ultrapassar os obstáculos e seguir adiante sem temor e sem duvidar das grandes vitórias que nos preparou.

Jesus quis morrer em nosso lugar... E se quisermos, com Ele, viveremos para sempre.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 21 anos de bênçãos

Seguidores